fbpx

Você já treina há muito tempo, porém não percebe evolução alguma? Repete posições que não consegue executar e se frustra por sentir que não vai além no seu Jiu Jitsu? Neste post, vamos falar um pouco sobre como dominar as técnicas de Jiu Jitsu, tendo como meta e foco principal a evolução do atleta/praticante.


Por Daniel Lima – Campeão Brasileiro CBJJ 2018 e professor BJJ Nerd.

Esteja totalmente presente durante a prática

miyao-bros
Fonte: BJJPix

Antes de iniciar, gostaria de deixar claro que este post não tem embasamento teórico, minhas considerações são baseadas em conhecimento empírico, de acordo com o que pude perceber ao longo do tempo, pois comecei dando aulas e puxando treinos desde cedo, já na faixa azul, e de lá pra cá, pude desenvolver uma sólida ideia sobre como praticar jiu jitsu de uma forma que eu julgo apropriada para se ter boa evolução técnica.

Também estou tratando aqui, única e exclusivamente de desenvolvimento técnico, e não físico/desempenho. Costumo usar durante minhas aulas, principalmente no horário de iniciantes, a seguinte frase:

“O modo como você executa as posições durante a aula, está diretamente relacionado ao
modo como executará durante um rola ou luta”

técnicas de jiu jitsu mendes bros
Fique atento a todos os detalhes quando estiver assistindo sua aula. (Fonte: GracieMag em AOJ | Mendes Bros)

Ou seja, se você, ao participar de uma aula, praticar aquilo que lhe foi ensinado de forma desleixada, despreocupada, sem ajuste, sem pressão, esse será exatamente o modo como a posição será executada por você durante um treino ou luta. Digo isso por experiência: ao ver aqueles alunos mais despreocupados, executando as posições de qualquer jeito, sem ajuste, são os mesmos que ao longo dos treinos, não são eficientes ao executar as mesmas técnicas de Jiu Jitsu, sejam elas raspagens, passagens ou finalizações.

Treine o movimento das técnicas de Jiu Jitsu antes da velocidade!

A forma como eles praticam são as mesmas que sua memória muscular entenderá e irá executar. Sendo assim, se apresenta ineficiente. Costumo dizer também que se você não consegue executar uma técnica de forma lenta, não irá executar de forma rápida. O que eu quero dizer com isso é que, vejo muitos alunos, iniciantes e até mesmo graduados, tentando executar os drills e posições sempre de forma rápida – principalmente aqueles drills de passagem de guarda, que de fato serão eficientes se aplicados com velocidade -.

Porém, se o mesmo aluno não conseguir executar a técnica com excelência de forma lenta, jamais irá fazer o mesmo de forma rápida. Não é a toa que, nas vídeo-aulas da BJJ Nerd, busco ensinar todos os detalhes da posição de forma lenta. A medida que você domina a técnica, você pode acelerar a sua execução. Mas nunca antes disso!

E isso é algo que precisa ser entendido pelos praticantes e principalmente pelos professores que vêem seus alunos treinando de forma menos eficiente, e não param para corrigi-los. Ao longo do tempo, o aluno certamente irá se frustrar, pois irá pensar: “Já treino a tanto tempo e não consigo fazer isso, ou aquilo, não finalizo ninguém”.

técnicas de jiu jitsu daniel lima
Daniel Lima é o professor oficial das videoaulas semanais da BJJ Nerd.

Ora, se você for praticar um armlock da guarda fechada, e durante o pouco tempo que tem para executar a posição, o fizer duas ou três vezes para cada lado, realmente não terá o ajuste necessário para finalizar alguém nessa posição. Durante o tempo que tiver disponível para praticar, pratique, seja crítico consigo mesmo. Busque a perfeição em cada detalhe, execute com pressão e ajuste e não seja desleixado. Isso é fundamental para seu desenvolvimento técnico dentro da arte suave.

Entenda sua pressão no Jiu Jitsu

Entenda que pressão não está relacionada com aplicação de força simplesmente. A pressão do Jiu Jitsu, na verdade, está relacionada ao uso consciente da força. Ela está aliada a redução dos espaços e projeção do peso nos lugares certos, e por aí vai.

Abraçar a cabeça do oponente na meia guarda, por exemplo, é pura técnica! Ajustar o abraço e projetar a escápula para frente, direcionando todo o seu peso naquela região é muito mais importante do que contrair os músculos e fazer força desnecessária. Dessa forma você economiza energia, enquanto obriga o seu oponente a errar ou cansar!

Portanto treinar posições e drills não necessariamente precisa ser algo cansativo por excesso de força. É cansativo sim pela movimentação exigida, porém, menos força e mais técnica nesse momento serão fundamentais. Como eu disse, seja crítico, busque a perfeição em cada detalhe e sua evolução técnica será infinitamente maior e mais rápida.

Aprenda também com os menos graduados

Jiu jitsu é uma arte de paciência, a evolução é constante para aqueles que buscam evoluir de forma consciente,  preocupam-se com a técnica e não apenas em chegar na academia e rolar.

Também acredito que treinar com os menos graduados, ou pessoas mais leves, que não serão os treinos mais duros, é uma forma de ajudar a melhorar as técnicas de Jiu Jitsu que estamos aprendendo. Isso porque, certamente é mais difícil aplicar uma técnica nova naquele colega do seu nível.

Leia este post se você quer melhorar o seu Gás no Jiu Jitsu.

Portanto, enquanto estiver desenvolvendo uma técnica nova para você, procure executá-la nos colegas menos graduados primeiro. Vá ajustando, vendo como seu corpo reage a movimentação e busque ajustar os detalhes. Dessa forma, você irá aos poucos melhorando suas técnicas de Jiu Jitsu para conseguir aplicar nos demais parceiros de treino.

As pessoas costumam dizer que só se deve treinar com os caras mais duros para evoluir. Eu penso que fisicamente isso faz sentido, porém para desenvolver certas técnicas, eu preciso conseguir encaixá-las… e é bem mais difícil encaixar uma técnica nova seu instrutor, do que em faixa branca, não é?

Evolua de forma consciente

Penso que para evoluir tecnicamente tudo é válido. Isto inclui fazer os treinos mais soltos, menos truncados, trocando posições, despreocupados do fato de ganhar ou perder. Lógico que se eu estiver treinando para uma competição, é essencial rolar como você luta. Porém, para quem não está competindo, esta é uma ótima forma de evolução.


E aí, o que achou do post? Você costuma treinar as técnicas de Jiu Jitsu de forma consciente ou desleixada? Que outros temas sobre Dicas de Treino você gostaria de ver em nosso blog? 

Se gostou, deixe seu comentário abaixo! Também não se esqueça de visitar o BJJ Nerd no Facebook, Instagram e Youtube.

Como dominar as técnicas de Jiu Jitsu: Treinamento consciente e pensamento crítico

Deixe uma resposta