fbpx

Então finalmente você decidiu mudar sua vida e desfrutar dos benefícios do Jiu Jitsu? Ou está há um tempo parado e quer voltar se dando bem nos treinos? Separamos essas 10 dicas valiosas para o iniciante no Jiu Jitsu evoluir muito mais rápido, treinando com a mesma frequência.


Acabe com as desculpas e comece logo!

“Estou muito velho para isso!”

“Primeiro vou perder um peso para depois começar”

“Jiu Jitsu é muito difícil, vou demorar muito para aprender”

“Eu não tenho força/gás/agilidade/mobilidade pra isso”

(Insira mais um milhão de desculpas aqui!)

Se você tem um interesse genuíno na arte suave mas ainda encontra desculpas para não treinar, pare agora.

O melhor momento na vida de um homem para começar a treinar Jiu Jitsu é agora! (Foto por: BJJPix).

O Jiu Jitsu é um dos esportes mais democráticos que existem. Isso porque o tatame é lugar tanto para quem acabou de sair das fraldas, quanto para aquele que completou seus 100 anos de vida. Homens, mulheres e crianças de todos os pesos e estilos de vida são bem vindos no tatame.

Então pare de arranjar desculpas e comece agora mesmo. O melhor momento para começar a treinar Jiu Jitsu é AGORA!

Escolha a melhor academia para um Iniciante no Jiu Jitsu

Agora que você venceu todas suas desculpas, é hora de escolher o ambiente ideal. Antes de sair escolhendo qualquer academia, pesquise e avalie suas opções.

  1. Qual o seu o seu objetivo como aluno?
  2. Qual academia dá suporte ao seu perfil?
  3. Quem é o professor responsável?
  4. Como é a qualidade da higiene do tatame e da academia?
  5. Esse tatame é grande o suficiente?
  6. Que nível técnico essa equipe apresenta e que credenciais ela tem?

Essas são algumas das perguntas que você deve responder antes de treinar pela primeira vez. Assista a aulas, converse com o professor e procure saber quem são as pessoas que estão ali.

Neste post criamos um guia de como escolher a academia ideal para você. Leia e aprenda clicando aqui.

O kimono ideal para você

kimono-bjj-nerd

Sabe aquele ditado de que “o barato as vezes sai caro”? Ele funciona também para os kimonos de Jiu Jitsu.

Várias coisas devem ser levadas em consideração quando você for escolher o seu primeiro kimono. Características como a qualidade do tecido, o peso, sua durabilidade e tipo de costura devem ser levados em conta. Além disso, cada biotipo obviamente terá um tamanho ideal, que nem sempre é fácil de se encontrar.

Por isso criamos este e-book, que diz tudo que você precisa saber para entender de kimonos e escolher o que melhor se adapta a você!

Tenha um plano de ensino para não se perder

A maior dificuldade para um iniciante no Jiu Jitsu é assimilar todas as informações que recebe ao longo das aulas. Guarda, passagem, montada, cem kilos, ataque, defesa, finalizações… pode levar muito tempo até que o faixa branca entenda todos os conceitos da arte suave.

Por isso, é sempre importante você saber o que está aprendendo. As maiores academias de Jiu Jitsu da atualidade possuem um plano de ensino objetivo, dizendo tudo que um aluno precisa para receber sua faixa azul, por exemplo.

Agora, se sua academia não possui um material do tipo e dá aulas ao esmo, é melhor você mesmo buscar. Por isso, criamos o “Manual do Faixa Branca“, um guia completo para o iniciante no Jiu Jitsu não se perder no aprendizado dos golpes e conceitos. Lá passamos por todos os aspectos do jogo de chão, desde a sobrevivência até a finalização.

Assista aqui ao “Manual do Faixa Branca”, direto de nossa plataforma!

Quer melhorar seu Jiu Jitsu? Treine Jiu Jitsu!

Vou ser direto nessa explicação, pois ela é bem simples: Nada irá fazer você evoluir tão rapidamente quanto treinar Jiu Jitsu! 

Natação, musculação, corrida, treinamento funcional ou crossfit são ótimos exercícios, para o seu corpo e para sua saúde. Porém, se você decidiu praticar alguma dessas modalidades para “treinar melhor” ou mesmo competir no Jiu Jitsu, você estará perdendo seu tempo.

É inevitável a um profissional adicionar a preparação física a sua rotina de treinos. Além do treino técnico de Jiu Jitsu, o atleta profissional busca melhorar seu atleticismo, aumentando sua mobilidade ou mesmo sua força. Já para o iniciante, aprender e entender os movimentos básicos do Jiu Jitsu será centenas de vezes mais proveitoso do que encher sua rotina com exercícios que farão você mais forte ou mais resistente.

Por isso, se você tem tempo disponível para melhorar seu Jiu Jitsu, utilize treinando Jiu Jitsu. Isso, é claro, desde que sua academia forneça horários de treino compatíveis com os seus.

Neste post falamos sobre esse tema, dentro dos 5 erros que fazem você não melhorar seu gás no Jiu Jitsu.

Deixe seu ego e sua vaidade em casa

Se você vai treinar para provar algo para alguém, esqueça! Um iniciante no Jiu Jitsu só tem como evoluir quando treina com a mente aberta e deixa o seu ego em casa. Esses são os pontos que você deve se atentar se quer ser um bom iniciante no Jiu Jitsu:

ego-iniciante-jiu-jitsu
“Deixe o seu ego na porta”
  • Tenha em mente que você nunca vai saber o suficiente.
  • Bata quantas vezes for necessário para não se machucar.
  • Se seu colega não quer bater, não force a posição! Você não ganhará nada com isso e ainda pode machucar um parceiro de treino.
  • O erro é indispensável para o aprendizado. Quanto mais você se permite errar, mais se possibilita a aprender!
  • Todo conselho deve ser recebido de mente aberta.

Por isso, deixe seu ego no mesmo lugar que você deixa seus sapatos: Fora do tatame!

Respeite o seu corpo

Talvez você esteja cheio de sede (e tempo) para aprender e treinar Jiu Jitsu. Porém, um dos piores erros que um iniciante no Jiu Jitsu pode cometer, é o de treinar demais!

Mesmo que você tenha a possibilidade de treinar 8 horas por dia, é muito provavel que o seu corpo não tenha. O resultado disso para um iniciante pode ser desastroso: desde a fadiga diária, até o surgimento de lesões graves que afastarão você dos tatames.

Além do seu corpo não aguentar, sua mente também não irá. Quando treinamos demais, atingimos um ponto em que não vemos mais resultado e começamos a nos desmotivar. Nestes momentos, um dia ou mais sem treinar é o que você pode fazer de melhorar para sua evolução e para o seu Jiu Jitsu.

Por isso, respeite os limites do seu corpo. Saiba descansar quando estiver cansado e evite lesões. Se você pretende treinar todo dia, não tem problema, desde que você alterne a intensidade dos seus treinos. Se você se puxou mais na segunda-feira e diminua o ritmo na terça-feira para que o seu corpo e mente não atrapalhem sua evolução.

descanso-jiu-jitsu
O descanso é uma parte fundamental ao treino!

Lembre-se dos seus últimos treinos

iniciante-no-jiu-jitsu

Não seja aquele cara que acerta uma posição em um dia e não lembra nem a primeira pegada da mesma no outro. É indispensável que você tenha na memória os seus últimos treinos. Dessa forma fica fácil saber como está sua evolução e que pontos você deve melhorar para os próximos treinos.

Faça cada treino valer e tire o máximo proveito dele. Lembre-se que todo erro é um benção, pois te da a oportunidade de saber onde evoluir. Mantenha isso em mente!

#DicaDoMestre: Tenha um diário de treinos! Reserve um caderno onde você irá escrever tudo sobre cada treino. Desde de como foi o aquecimento, qual a técnica aprendida e como se desenrolou o treino. Descreva como se sentiu e os pontos positivos e dificuldades de cada treino. Esse é um exercício mental muito valioso para você otimizar sua evolução.

O bom Iniciante no Jiu Jitsu repete posições com atenção

A hora da posição pode ser um pouco cansativa, principalmente se você está com sede para “rolar”. Porém, se você está comprometido em evoluir, deve focar muito de sua energia nesse momento.

Repetir posições, com cosciência e atenção, é uma forma de seu corpo entender como utilizar aquele movimento numa situação de necessidade, seja de defesa pessoal ou na hora do rola. Aqui vão algumas dicas para você otimizar o momento da prática:

  • Esteja presente e atento durante a explicação.
  • Faça perguntas, seja curioso e não deixe uma dúvida passar.
  • Peça para o seu professor ou colegas assistirem sua execução e aceite as dicas e críticas no momento.
  • Repita o máximo de vezes que conseguir, sem perder de foco a qualidade da execução.
  • Enquanto não estiver praticando, ajude e corrija os seus colegas. Ensinando também se aprende!
iniciante-no-jiu-jitsu
Atenção total na explicação é fundamental.

A técnica vem antes da força!

Quem diz que Jiu Jitsu não precisa de força, não entende muito bem da arte suave. Todo atributo físico, seja a força, a velocidade ou a flexibilidade podem ser usados a seu favor no Jiu Jitsu.

Porém, um dos erros mais comuns ao iniciante no Jiu Jitsu é abusar desses atributos. Quem abusa da força durante o treino pode se dar bem no momento passando algumas guardas e apertando alguns pescoços. Porém, no longo prazo, os parceiros de treino que focaram na técnica passam a se destacar muito mais do que aqueles que confiaram apenas na força.

Por isso, durante a execução da técnica e principalmente durante o rola, foque em eficiência. Utilize sua força apenas em momentos chave e sempre suportada por uma técnica. Assim você cansa menos, se machuca menos e evolui muito mais.

O mesmo vale para a flexibilidade. Se você consegue botar o pé atrás da própria cabeça, não será fácil passar sua guarda. Porém, se você não souber como usar a saída de quadril para se posicionar melhor antes de repor guarda, a dificuldade diminui!

#DicaDoMestre: Esqueça seus atributos físicos! Se você é muito mais forte que seu parceiro de treino, busque utilizar menos de sua força. Se você é muito mais rápido, faça as posições com mais controle e foque na qualidade. O GMI Hélio Gracie sempre pregou que o Jiu Jitsu foi feito para o mais fraco vencer o mais forte. Por isso, sempre se ponha na situação de desvantagem para ter certeza de que você usará a técnica antes da força.

O Iniciante no Jiu Jitsu treina porque gosta!

Todos entram no Jiu Jitsu por motivos diferentes. Você pode estar atrás de um novo esporte ou apenas querendo perder peso. Pode buscar fazer novas amizades ou aprender a aplicar aquele golpe que assistiu no UFC. Ou ainda, pode estar buscando saber se defender ou simplesmente sentiu curiosidade em vestir o kimono.

Seja qual foi o motivo que fez você dar o primeiro passo, só existe uma forma de continuar na caminhada até o fim. GOSTANDO de Jiu Jitsu! Você pode estar muito motivado em perder peso enquanto treina Jiu Jitsu. Porém, se sua motivação para vestir o kimono e ir treinar é apenas essa, logo mais você estará tentando praticante outra atividade para queimar as mesmas calorias.

Agora, se a sua maior motivação é gostar da arte, não vai ser difícil chegar longe. Por isso, apaixone-se por apenas estar ali, independente do resultado. Alguns dias você estará desmotivado e cheio de desculpas, e a única forma de fazer você se manter firme na missão é gostando do negócio!


E aí leitor, o que achou das dicas? Você consegue seguir quantas delas? Responda nos comentários contribuindo com o aprendizado! 

Agora, se você não é mais um Iniciante no Jiu Jitsu, que outras dicas pode trazer para complementar? Deixe sua contribuição comentando neste post.

Se gostou, deixe seu comentário abaixo! Também não se esqueça de visitar o BJJ Nerd no Facebook, Instagram e Youtube.

Iniciante no Jiu Jitsu: 9 passos para você começar e evoluir mais rápido!

Deixe uma resposta