fbpx

Sabe aquela tristeza que bate quando você estoura uma pegada no meio de um treino pegado e vê seu kimono trançado de Jiu Jitsu “esfarelar” junto? Todo jiujiteiro que já treina há alguns anos já passou por isso e vai passar enquanto estiver treinando.

Ao longo de mais de 8 anos de Jiu Jitsu, já rasguei dezenas de kimonos e tentei de tudo para utilizá-los novamente. Porém chegava um momento em que nenhum remendo mais fazia efeito e eu tinha que me desfazer daquela armadura querida.

Se eu soubesse do que sei hoje, teria poupado a maioria dos meus kimonos. Após muitos erros e acertos, aprendi 7 dicas (a número 7 funciona como mágica!) que hoje fazem meus kimonos durarem ANOS a mais do que duravam antigamente.

Fique então com essas dicas infalíveis para kimonos mais duradouros:

1 – Escolha com sabedoria

Conhece aquele velho ditado de que “o barato sai caro”? Pois é, muitas vezes ele pode valer para seu kimono de Jiu Jitsu também.

Primeiramente, não compre kimonos usados. Você não sabe quanto tempo ele foi usado e de que forma ele foi conservado até agora. Ao fazer isso, você corre o risco de perder seu kimono nas primeiras semanas e se arrepender de não ter pagado 100 reais a mais por um modelo novo.

#DicaDoMestre nº 1: Você não precisa ter o kimono mais caro para se sentir seguro, mas escolher bem é fundamental. Neste post, demos algumas dicas de como escolher o kimono ideal para você.

2 – Tenha mais de um kimono trançado de Jiu Jitsu

Se você treina mais de duas vezes na semana, é indispensável, no mínimo, um segundo kimono de Jiu Jitsu. Dessa forma você consegue alternar os treinos e sempre saber que há um kimono reserva.

jiu-jitsu-kimonos
Quanto mais kimonos você tiver no cabide, mais feliz você será.

Imagine que você tenha apenas um kimono e ele comece a rasgar na costura da calça. Você teria duas opções: parar de treinar e mandar consertar. Ou continuar treinando e rasgar mais ainda a peça. Logo, um kimono trançado de Jiu Jitsu a mais iria mantê-lo ativo, enquanto o seu primeiro kimono era reparado.

Outra vantagem óbvia disso é que você não terá que treinar com kimono sujo/molhado. Além de deixar seu parceiro de treino mais contente, o fato de treinar sempre com kimono limpo aumenta também a durabilidade do mesmo, o que nos leva a segunda dica.

3 – Lave sempre que possível

Se você evita lavar seu kimono para não estragar, saiba que está causando justamente o contrário!

A máquina de lavar é totalmente recomendada, desde que não se utilize alvejantes ou cloro.

As partículas de suor, quando secas, continuam presas as tecido do seu kimono. Além disso, um dos componentes do seu suor é o ÁCIDO ÚRICO. Essa substância – além de deixar seu kimono fedido – faz com que o tecido do seu kimono se desgaste mais rápido, devido ao forte poder corrosivo desse ácido.

Portanto, é preferível que você lava o seu kimono após cada uso. Dessa forma, seu pano durará mais tempo e seus colegas não inventarão uma lesão para deixar de treinar com você caso seu kimono de Jiu Jitsu estiver cheirando a rato morto.

4 – Mantenha seu kimono trançado de Jiu Jitsu longe do sol

Apesar de acelerar o processo de secagem, o sol pode ser um grande inimigo do seu kimono.

Quem nunca esqueceu o kimono ao sol e, quando buscou, sentiu seu kimono trançado duro como pedra? Isso acontece pois o contato com o sol faz com que as fibras enrijeçam. Além do maior desconforto que se tem ao vestir um kimono assim, fibras rígidas são muito mais suscetíveis ao desgaste do que quando estão normais.

Portanto, programe-se sempre para secar seu kimono na sombra. Use o sol apenas como excessão, caso não houverem outros kimonos disponíveis e você precisar secar com mais velocidade.

Quer render melhor nos seus treinos? Leia este post e comece a evitar esses erros AGORA!

5 – Secadora é a última opção

Pior do que esquecer o seu kimono ao sol, é deixá-lo na secadora. Além de apresentar os mesmos malefícios que a exposição ao sol, a secadora é muito conhecida por encolher kimonos.

Então, se você não pretende baixar de categoria nas próximas semanas ou está achando seu kimono grande demais, esqueça a secadora. Programasse para secar seus kimonos de forma natural e de preferência na sombra.

secar-kimono-de-jiu-jitsu
Seque seus kimonos longe de secadoras (e também do sol) para que eles durem muito mais!

#DicaDoMestre nº 2: Se a última opção para que você não deixe de treinar é usar a secadora, vai aqui uma dica: Mantenha a temperatura baixa e nunca seque seu kimono trançado por completo na secadora. Se tirá-lo enquanto ainda está úmido, você diminuiu o risco de encolhimento.

6 – Cloro e alvejantes? NUNCA!

Evite cloro, alvejantes ou outras substâncias que prometem deixar seu kimono branco ou limpar manchas que não saíram na primeira lavagem.

Isso porque essas substâncias são corrosivas demais e podem diminuir a vida útil do seu kimono trançado pela metade em um único uso! Assim como o excesso de suor, elas tiram a resistência do seu material, que irá rasgar mais fácil e perder durabilidade.

Mas existe uma “substância mágica” capaz de tirar manchas, mal cheiro e deixar seu kimono branquinho, sem diminuir sua durabilidade. Iremos falar dela na próxima dica.

7 – A substância mágica que mantêm seu kimono com cara de novo

Já pensou em uma substância capaz de:

  • Clarear os dentes e deixar as gengivas mais saudáveis;
  • Amenizar picadas de insetos e queimaduras na pele;
  • Limpar jóias;
  • Higienizar unhas;
  • Acabar com azia;
  • Relaxar músculo e suavizar a pele;
  • E até PREVINIR O CÂNCER?

Esse pó mágico existe! E o mais surpreendente é que, além de tudo isso, ele é capaz de manter seu kimono com aspecto novo e livre de mau cheiro.

E não é nenhuma substância controlada ou que custa milhares de dólares. Estamos falando do BICARBONATO DE SÓDIO, que você encontra com facilidade em supermercados, farmácias ou comercio em geral, pagando até 5 reais por 1 kg.

#DicaDoMestre nº3: Aqui vai a receita: 1/2 copo americano de bicarbonato de sódio podem ser colocados junto do sabão ou até com o amaciante, após a lavagem e pronto! Seu kimono trançado de Jiu Jitsu estará renovado para mais uma sessão de treinos.

 

E aí, Nerd, gostou das dicas? O que mais você faz para manter seus kimonos sempre novos? Conte aqui aquelas dicas que sua mãe/vó/tia deram, e que deixaram seus kimonos zerados ao longo dos anos.  Se gostou, deixe seu comentário abaixo! Também não se esqueça de visitar o BJJ Nerd no Facebook, Instagram e Youtube.

 

7 dicas para seu kimono trançado de jiu jitsu durar muito tempo

Deixe uma resposta